AROLDO TOURINHO APROVADO PARA PROGRAMA DE REESTRUTURAÇÃO OFERECIDO PELO HOSPITAL ALEMÃO OSWALDO CRUZ E MINISTÉRIO DA SAÚDE

AROLDO TOURINHO APROVADO PARA PROGRAMA DE REESTRUTURAÇÃO OFERECIDO PELO HOSPITAL ALEMÃO OSWALDO CRUZ E MINISTÉRIO DA SAÚDE

A diretoria da Fundação Hospitalar de Montes Claros foi comunicada, na última quarta-feira, (16/06), da aprovação do Hospital Aroldo Tourinho para participação do 1º Ciclo do projeto de reestruturação de hospitais públicos, que será oferecido e implementado pelo Hospital Alemão Oswaldo Cruz, de São Paulo (um dos melhores do Brasil), no âmbito do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (PROADI SUS), do Ministério da Saúde. A comunicação foi feita pela coordenadora de projetos da Diretoria de Responsabilidade Social do Hospital Alemão Oswaldo Cruz, Carolinne Ferreira Abrahão.

O programa tem como objetivo principal apoiar a qualificação da gestão de hospitais públicos, por meio da utilização de instrumento de avaliação, visando: custo-efetividade da assistência; alocação adequada de recursos; implantação / implementação de boas práticas, baseado em legislações vigentes; promoção da qualidade e segurança do paciente; e contribuição para melhoria dos desfechos clínicos.

No triênio 2021 a 2023 estão sendo contemplados 36 hospitais, sendo 18 na fase inicial, entre eles o Hospital Aroldo Tourinho, de Montes Claros. As intervenções e melhorias serão na gestão de processos; processos de qualidade e segurança do paciente; e processos assistenciais.

A diretora de qualidade e inovação da FUHMOC/Hospital Aroldo Tourinho, enfermeira Zilá Aparecida Soares Pereira, esclarece que o projeto a ser implementado – sob a liderança e coordenação do Hospital Alemão Oswaldo Cruz com o patrocínio do Ministério da Saúde, busca “aprimorar a gestão hospitalar e os processos assistenciais, administrativos e gerenciais de hospitais do Sistema Único de Saúde a partir de ações de avaliação e monitoramento contínuo de processos, redução de custos, gerenciamento consciente de recursos materiais e padronização de rotina, reduzindo assim os riscos e aumentando a qualidade dos serviços hospitalares aos pacientes, familiares e colaboradores”.

Na avaliação da diretora assistencial da FUHMOC/Hospital Aroldo Tourinho, enfermeira Ana Paula Lopes Santos Guerra, “o programa contribuirá para a ampliação das nossas ações na busca da melhoria da qualidade na assistência à saúde, intensificando o desenvolvimento do raciocínio crítico e reflexivo da nossa equipe multiprofissional, tornando-a capaz de desenvolver ações centradas na integralidade do cuidado e de implementar formas de avaliar os processos de trabalho e gestão em saúde, baseados em resultados assistenciais que nos permitirá atingir a excelência nos serviços prestados”

Segundo o superintendente da Fundação Hospitalar de Montes Claros, Cláudio Medeiros Santos, a aprovação da inclusão do Hospital Aroldo Tourinho representa “oportunidade especial para incorporação de novas práticas assistenciais e de gestão da atenção hospitalar”.

Ele destaca que “o Hospital Alemão Oswaldo Cruz é um dos 5 melhores hospitais do Brasil. Seremos capacitados e assistidos por uma equipe formada por profissionais experientes e qualificados”.

Cláudio Medeiros assinala, ainda, que “um dos objetivos estratégicos do nosso Plano de Recuperação Institucional, apresentado também ao Ministério Público, é justamente melhorar a qualidade e a segurança dos processos assistenciais”.

“Faremos isso agora assessorados por uma instituição hospitalar de ponta. Os benefícios dessa iniciativa alcançarão os nossos colaboradores e parceiros que terão a oportunidade de desenvolverem-se profissionalmente e, sobretudo, os clientes e a população atendida em nosso hospital”, ressaltou.

No próximo dia 30 de junho acontecerá a primeira visita ‘in loco’ da equipe do Hospital Alemão Oswaldo Cruz para início do projeto, com supervisão da enfermeira Beatriz Marques da Cunha.


TAGS: