AROLDO TOURINHO PROMOVE VISITAS VIRTUAIS AOS SEUS PACIENTES

Desde que as visitas aos internados no Hospital Aroldo Tourinho foram suspensas, por causa da pandemia da covid-19, os pacientes têm tido a oportunidade de receber “visitas virtuais”. A iniciativa da videochamada surgiu para amenizar a saudade deles dos seus familiares e faz parte do projeto de humanização do HAT que busca, além de conforto, ajudar no processo de recuperação dos internos.

A coordenadora de enfermagem dos CTI’s, Sheila Soares, informa que a nova medida oferece uma atenção especial para o paciente e seu familiar. “Diante dessa crise da pandemia e o isolamento, em especial dos nossos assistidos, nós profissionais da saúde precisamos nos reinventar sempre e garantir a humanização no cuidado ao nosso paciente. Diante da impossibilidade das visitas nos CTI’s, usamos a tecnologia ao nosso favor. Com a chamada de vídeo, conseguimos levar ao paciente a emoção de ver e ouvir um ente querido”, explica a enfermeira.

A chamada, agendada, acontece por meio de tablets e telefones celulares fornecidos pelo HAT, com o acompanhamento de uma psicóloga clínica. “Todas as precauções e medidas necessárias são tomadas previamente para que o paciente possa desfrutar desses momentos da melhor forma possível “, explica a coordenadora do serviço de psicologia, Lêda Antunes, que acrescenta: “Entendemos que este tipo de situação não é fácil, saber que um familiar está internado e não pode receber visitas. Por maior que seja a atenção e cuidado que os pacientes recebam, ter o carinho da família é sempre muito importante”, diz a psicóloga.

De acordo com a diretora assistencial, enfermeira Ana Paula lopes Santos Guerra, é importante manter o vínculo afetivo entre paciente e familiar, mesmo que virtual. “Saber que tem alguém do outro lado da tela, alguém que amamos e se preocupa conosco, ajuda de maneira muito positiva no tratamento, gerando benefícios que auxiliam na recuperação do paciente. Por isso, nós da equipe assistencial do HAT nos esforçamos ao máximo para amenizar a angústia das pessoas internadas, buscando um atendimento mais digno e humanizado”, destaca a diretora.


TAGS:   Bem estar,  News,  Notícias,  Responsabilidade Social,  Saúde