DIA NACIONAL DE PREVENÇÃO DE ACIDENTES DE TRABALHO É COMEMORADO NO HOSPITAL AROLDO TOURINHO

Em comemoração ao Dia Nacional de Prevenção de Acidentes de Trabalho, nessa terça-feira, 27/07, foi promovida campanha no Hospital Aroldo Tourinho, através do Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho (SESMT). O objetivo foi conscientizar e orientar os colaboradores sobre os cuidados quanto à prevenção de acidentes.

Para a engenheira de segurança do trabalho do Hospital Aroldo Tourinho, Gláucia Vieira Magalhães Rodrigues, “a campanha, além de orientar, celebra o dia dedicado à segurança do trabalhador”. Ela acrescenta que “o 27 de Julho é comemorado como o marco da luta dos trabalhadores brasileiros por melhores condições laborais”. Segundo dados do Ministério Público do Trabalho, o setor de saúde sempre foi um dos principais notificadores de acidentes de trabalho.

Gláucia Rodrigues destaca “a importância de a data ser lembrada com comportamentos de prevenção e responsabilidade que promovam um ambiente de trabalho seguro e saudável”.

Ainda, de acordo com a engenheira, “a atenção e cuidado são fundamentais na segurança”. Ela enfatiza o uso obrigatório dos equipamentos de proteção individual. “O EPI é uma exigência legal conforme regras de norma regulamentadora (NR6) e diz respeito a qualquer produto ou dispositivo destinado à segurança individual e proteção de riscos inerentes ao ambiente e à rotina de trabalho”, afirma Gláucia.

A diretora administrativa, contadora Erika de Oliveira Lopes, explica que “o Hospital Aroldo Tourinho vem constantemente atuando na realização de ações que buscam orientar os colaboradores sobre a importância da segurança do trabalho”.

O dia de hoje vem reforçar essas ações e inspira a reflexão sobre a importância da prevenção. O cuidado deve ser um esforço de todos, tanto da instituição em promover equipamento e um ambiente seguro, quanto do próprio colaborador em seguir os protocolos e normas estabelecidos, assim, juntos teremos um local livre de qualquer acidente”, diz Erika Lopes. Ela ressalta: “seguir as normas de segurança é fundamental para garantir a saúde do trabalhador, evitando consequências negativas, que podem até comprometer a capacidade laboral e de vida durante e depois da fase ativa de trabalho”.

O presidente da Fundação Hospitalar de Montes Claros, professor Paulo César Gonçalves de Almeida, comenta que “a orientação é no sentido de, além de serem adotadas medidas que promovam um ambiente seguro, haja um esforço na educação permanente sobre a importância da prevenção de acidentes de trabalho”.

O cuidado com o nosso colaborador é sempre o objetivo principal.”, frisa o professor Paulo César de Almeida.


TAGS: