REALIZADA NO HOSPITAL AROLDO TOURINHO CIRURGIA INOVADORA DE ANEURISMA CEREBRAL NÃO ROTO

Foi realizada no Hospital Aroldo Tourinho nessa segunda-feira, 13/09, cirurgia inovadora de aneurisma cerebral não roto. O procedimento foi realizado pelos médicos neurocirurgiões Marcílio Monteiro Catarino e Giovanni Inácio Batista.

O aneurisma cerebral é uma das principais causas de acidente vascular cerebral hemorrágico. De acordo com o médico Marcílio Monteiro Catarino, “neste caso nós fizemos um procedimento minimamente invasivo chamado embolização. Desse modo nós introduzimos o cateter pela artéria femoral e o levamos até a base da carótida. Com isso temos acesso ao aneurisma e podemos fechá-lo de forma mais rápida e eficaz’’, esclareceu.

Ele ressalta as vantagens desse procedimento. ‘‘Com auxílio deste equipamento de última geração, podemos realizar esta técnica em que o paciente corre menos risco durante e pós-cirurgia, considerando que este método é menos invasivo e diminui a agressão cirúrgica e a morbidade’’, conclui o médico Marcílio Monteiro.

O médico Giovanni Inácio Batista explica como é realizada e qual o objetivo final do aneurisma cerebral não roto. ‘‘Essa abordagem endovascular, é feita no setor da hemodinâmica através de uma máquina sobe fluoroscopia, sobe raio-x, e a gente faz a navegação de toda a instrumentação neurocirúrgica para fazer a oclusão aneurismática, evitando-se assim que o paciente tenha um rompimento desse aneurisma que seria o pior desfecho possível’’, comenta Giovanni.

Ele reforça os benefícios desse tipo de procedimento. “O tempo de permanência hospitalar é muito menor, a recuperação em casa é muito melhor, preservando o que é mais importante, o resultado”, diz o médico Giovanni Inácio Batista.

O Hospital Aroldo Tourinho, através de seus profissionais capacitados e equipamentos com tecnologia avançada, tem buscado cada vez mais oferecer cirurgias de qualidade para os seus clientes.

“Nosso objetivo é oferecer aos nossos clientes tratamentos inovadores, ofertando um atendimento seguro e eficiente”, ressalta a superintendente, enfermeira Ana Paula Lopes Santos Guerra. “O resultado deste procedimento realizado pelos neurocirurgiões é mais um sinal de que estamos avançando no cuidado com o paciente”, afirma.

Para o presidente da Fundação Hospitalar de Montes Claros/Hospital Aroldo Tourinho, professor Paulo César Gonçalves de Almeida, “o aneurisma cerebral não roto é um procedimento que além das inúmeras vantagens, constitui uma maneira de oferecer tratamentos menos invasivos, com melhor recuperação e bons resultados para a população”, e conclui: “a parceria entre médicos e Hospital Aroldo Tourinho tem se fortalecido cada vez mais para poder ofertar serviços modernos e inovadores, em consonância com o novo momento que vive o hospital”.


TAGS: